sábado, 12 de novembro de 2016

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Programação de hoje da Felis


PROGRAMAÇÃO DA FELIS - DIA 11 DE NOVEMBRO
(sexta-feira)
CAFÉ LITERÁRIO
Local: Centro de Criatividade Odylo Costa, filho
17h – Sarau Musical "Brilhando no Café"
Realização: Curso de Licenciatura em Música - DEART – UFMA
17h30 – Bate-Papo Literário: "Homenagem ao teatrólogo Aldo Leite"
19h30 – Sarau Café com Canção
Realização: Curso de Licenciatura em Música da Universidade Estadual do Maranhão – UEMA
PALCO FELIS
Local: Praça Nauro Machado
14h – As sete lendas que encantam São Luís – UEB Cecília Meireles
15h – Histórias Bilíngues – LABORARTE
16h – Ballet Infantil – Escola Marista
16h30 – Histórias para contar – Cia Nhá Caboca
17h – A mulher ambulante – SMB Cordeiro
18h – As bodas de canãa – Cena Aberta
21h – Clarins ao Vento – André Roberto
APRESENTAÇÕES CULTURAIS - SEMED 
LOCAL: TEATRO JOÃO DO VALE
14h - Projeto Balé - Creche Escola Maria De Jesus Carvalho (Educação Infantil)
15h – Coral Melodia com as Mãos - UEB Maria Alice Coutinho
15h30 - Espetáculo Teatral: Escravidão - UEB Bandeira Tribuzzi (Programa Mais Educação)
16hs - Ballet infantil - Colégio Marista Araçagy
CONFERÊNCIAS
Local: Praça Nauro Machado
Horário: 20h
Palestrante: Marcia Tiburi (SP)
Tema: Literatura, Filosofia e Política
Mediador: Francisco Gonçalves (doutor em comunicação e cultura)
CASA DO ESCRITOR MARANHENSE – LANÇAMENTO DE LIVROS
Local: Vila dos Livros/Praça da Casa do Maranhão
14h - "Revista Catirina e Pai Francisco" de Beto Nicácio, e "Ajurujuba - a fundação da cidade de São Luís" de Iramir Araújo
15h - "Avaliação da aprendizagem" - Silvana Machado
16h - "Um espectro ronda a ilha; o comunismo na imprensa de são luís" - Ariel Tavares Pereira
17h - "Coletâneas de cordéis" - Raimunda Pinheiro de Souza Frazão
17h40, livro "Pelos Caminhos da Força Expedicionária Brasileira na Segunda Guerra Mundial: condições e contradições de uma época", de Dilercy Aragão Adler.
18h - "Reconstituição da história de Axixá do Munim" - Antônio Oliveira Santos
19h - "Vivendo teatrodança (autografo + performance)" - Júlia Emília B. F. Da Silva
20h - "São Luís, cidade radiante" - José Antônio Viana Lopes
16h. Sala de autógrafos. Bate papo: "A disciplina, o rebanho e os capitães: um passeio literário nas obras da UEMA 2017". Debatedores: Álvaro Luís Lima Maio e Lizia Adriane Freire Ferreira
ESPAÇO JOVEM
Local: Vila dos Livros/Praça do Casa do Maranhão
13h - Apresentação Cultural: Contação de História sobre Participação Juvenil/Adolescentes do CJ Florescer/FUNAC
13h30 - Roda de conversa: Participação Juvenil em tempos de crise
Convidados: Dayana Roberta, Jorge Hilton, Adolescentes do Comitê Infanto Juvenil do Jeniparana, Adolescente do CJ Florescer/FUNAC, PROJUR/Rede Amiga da Criança
Mediador: Fórum Municipal de Juventudes
15h - Oficina: Por mim, por nós e por todas: contra a Cultura de Estupro
Facilitação: GERAMUS, Rede Amiga da Mulher, CEM, CMCF, NAFEM, Coletivo Quebradeira
16h - Papo Jovem: Jovens: participação e Ativismo feminista
Facilitadores: Fórum Maranhense de Mulheres; NAFEM; Coletivo Quebradeiras
17h - Bate-papo com juventude: Sabrina Mendes / Gustavo Lacombe (RJ)
Mediador: Projeto Literatura Mútua
18h - Painel: Saúde LGBT
Mediador: Werberson Fernandes
19h30 – Palestra sobre Cultura Otaku
Facilitador: Saylon Sousa – GPEAC/UFMA
CASA DO PROFESSOR
Local: Auditório da Defensoria Pública do Estado do Maranhão
14h às 15h50 - Palestra e mini oficina: Lendas Maranhenses em Paper Toy
Ministrante: João Manoel Santos (Designer)
16h às 17h - Roda de Conversa: Educação para o Trânsito na Escola
Participantes: Luís José Câmara Pedrosa (SEDUC) e Lourival da Cunha Souza (Ong SOS Vida)
Local: Escola de Cinema – Unidade Vocacional Praia Grande
14 às 18h - Oficina: Contar Histórias: arte da memória
Ministrante: Gisele Vasconcelos (Departamento de Arte – UFMA)
Local: Centro de Criatividade Odylo Costa, filho
14h às 16h30 - Seminário: Livros Acessíveis e Inclusivos: Contribuições para a democratização do acesso
Palestrante: Carla Mauch
IX SEMINÁRIO DE POLÍTICAS PÚBLICAS DE LEITURA, BIBLIOTECAS E INFORMAÇÃO
Local: Auditório do Centro de Criatividade Odylo Costa, filho
8h às 9h30 - Comunicações Orais -
9h30 às 12h - Mesa 4: Bibliotecas e Arquivos: espaços de memória e de inclusão? Dra. Aldinar Martins Bottentuit (UFMA); Profª Doutoranda Dirlene Barros (UFMA); Dr. Doutorando José Oliveira da Silva Filho; Mediador: Profº Dr. Roosewelt Lins
13h às 17h - Apresentação de Comunicações Orais Mediadores: Dr. Samuel Velazquez; Msc. Márcia Cordeiro (UFMA)
14h às 17h30 - Oficinas: Estratégias de Leitura e Formação de Leitores - Profª Drª Leoneide Martins (UFMA); História e Memória de Professores - Profa. Ana Chapoudry; Mediação da Leitura em Bibliotecas Comunitárias – Thais Rodrigues (Rede Leitora Terra das Palmeiras)
18h – Encerramento – Lançamento de livros
BECO RIMA VIVA
Local: Praça da Casa do Maranhão
18h às 20h – Concurso de Poesia FESTIVAL PAPOÉTICO.
CINE FELIS - MOSTRA MAVAM E GUARNICÊ 40 ANOS
Local: Casa do Maranhão
SESSÃO Animações Maranhenses: Mostra especial com filmes de animação produzidos por animadores maranhenses
14h30 às 16h - PADRE NOSSO, A PONTE, UPAON AÇU, SAINT LOUIS, SÃO LUIS, de Joaquim Haickel
SESSÃO Panorama Cinema Maranhense: Mostra com filmes de cineastas maranhenses, de várias gerações, que participaram do Festival Guarnicê de Cinema nestes 40 anos.
16h às 18h - AI QUE VIDA, de Cícero Filho
PROGRAMAÇÃO AMEI NA FELIS
Local: Casa do Maranhão
14h – Contação de história: Pedro Malasarte, com a escritora Edna Mendonça e As Proezas do Filho do Pescador, com o escritor Antonio Melo.
15h – Bate-papo: Poesia em Rede: o romantismo na pós-modernidade, com os escritores Carlos Vinhorth, Jediael Everton, Mateus Borges e Rafaela Rocha.
16h – Relançamento: Livro Pérolas ao Tempo, de Rosemary Rêgo.
17h – Palestra: A sexualidade enquanto comportamento, com os escritores Histarley Monte Negro e Ahtange Ferreira.
18h – Lançamento: Livro Soraia, de Histarley Monte Negro.
19h – Lançamento: Livro Metamorfose, de Antonio Augusto.
20h – Lançamento: Livro Idade da Águia, de Sofia Tavares e Recital Lírico, com Sofia Tavares e convidados.
PROGRAMAÇÃO DE LANÇAMENTOS – ESTANDE DA UFMA
Local: Estande da UFMA/Vila dos Livros
14h às 15h - DINO CAVALCANTE | JOSÉ NERES - O Século XX e Literatura Maranhense: reflexões sobre a narrativa em prosa | Um Maranhão chamado Sobrinho
15h às 16h - VIVIANE BARBOSA - Na Terra das Palmeira: Gênero, Trabalho e Identidades no Universo das Quebradeiras de Coco Babaçu no Maranhão
16h às 17h - NAIARA SALES ARAÚJO SANTOS - Ficção Cientifica Brasileira: Cultura, Identidade e Política | Ensino de línguas: Múltiplos Olhares | Ensino de Línguas e Discurso: Reflexões e Práticas | Identidade: Ressonâncias
17h às 18h - JAMES RIBEIRO | JUSSARA SILVA DANTAS | MARYZÉLIA FURTADO DE FARIAS - Análise sobre a política territorial no Baixo Parnaíba-MA
18h às 19h - NATALINO SALGADO FILHO - Tarquino Lopes Filho: médico, político, jornalista, administrador que virou mito | Faculdade de Medicina: uma história de 59 anos.
ESPAÇO MULHER: Programação Biblioteca Maria da Penha Maia Fernandes
Local: Casa do Maranhão
13h às 20h - Exposição do acervo de livros, folhetos, panfletos que retratem o histórico de conquistas da mulher, assim como seus direitos / Exposição de fotos com ações da SEMU
16h às 19h - Elaboração de textos,desenhos a partir da apresentação de vídeo que retratem a temática violência contra as mulheres

Livro une ficção científica e personagens do folclore maranhense


O escritor José Ewerton Neto, membro da Academia Maranhense de Letras, lança hoje, na Felis, no stand da livraria Vozes, a partir das 19h, o livro “O Entrevistador de lendas - uma aventura de ficção científica sobre lendas maranhenses”. Trata-se, segundo o autor, de uma aventura de ficção científica sobre lendas do Maranhão com o objetivo de trazer aos leitores, especialmente aos estudantes, todo o fascínio das principais lendas da região num formato mais lúdico que didático. Na trama, personagens do futuro viajam pelo tempo em busca de lendas em um momento em que se esgotam as possibilidades de entretenimento humano. Desse modo, iniciam interações que são divulgados para todo o universo. O ritmo é alucinante. O final é insólito e, além das emoções propiciadas pelo texto, o leitor tem de quebra informações sobre o folclore maranhense.
Para o professor e escritor José Neres, neste novo livro de Ewerton “o exotismo das lendas maranhenses entra em cena como aperitivos rápidos, suculentos e bem explorados em uma questionadora obra que agora vem público”.
“O Entrevistador de lendas” faz parte do Plano de Publicação da Academia Maranhense de Letras, realizado através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.


quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Palestra de Marcia Tiburi adiada


A conferência da filósofa Marcia Tiburi que teria lugar ontem na Felis não aconteceu, ficando adiada para amanhã (sexta). Foi mais uma alteração de última hora na programação da Feira, que teve mudado, logo de saída, o local e horário para abertura do evento. Previsto para ser realizado na Praça Nauro Machado, no domingo, terminou acontecendo no Odylo Costa, filho, na segunda-feira. Repetindo postagem anterior: Tiburi, que falará de Literatura, Filosofia e Política, vem de lançar “Conversando com um fascista, reflexões sobre o cotidiano autoritário brasileiro”, obra prefaciada pelo deputado federal Jean Wyllys. Em tempos de Trump & Temer, assunto para discussão não vai faltar.





quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Marcia Tiburi: a democracia está ameaçada


A mestre e doutora em filosofia Marcia Tiburi é a atração da Felis, hoje, a partir das 20h, na Praça Nauro Machado. Ela vai falar de Literatura, Filosofia e Política, tendo como mediador o jornalista Francisco Gonçalves. Assunto com certeza não vai faltar para ser colocado em debate, levando em conta, principalmente, que Tiburi vem de lançar recentemente o livro “Conversando com um fascista, reflexões sobre o cotidiano autoritário brasileiro”. Com prefácio do deputado federal Jean Wyllys, o livro, segundo a Folha de São Paulo, é “um repúdio contra a barbárie”. E clama pelo diálogo. “Não podemos fingir que nada está acontecendo, a democracia está ameaçada, é preciso reagir”, diz autora, para quem essa reação deve se dar por um meio da forma específica do ativismo filosófico, que é o diálogo. 

Livros de autores maranhenses na Felis

Para quem se interessa por livros de autores maranhenses, a Felis é uma ótima oportunidade de adquirir obras produzidas pela turma daqui. Na Casa do Maranhão, por exemplo, um espaço foi reservado exclusivamente para os escritores locais. Mas não fica nisso. Como em anos anteriores, continua mantido o stand de autores maranhenses. E em livrarias como a Vozes e Poeme-se, o leitor também pode encontrar obras de autores locais.
Estão lá, entre outros, os meus O tambor de Mestre Zizinho e A lenda do Rei Sebastião em cordel, ambos lançados pela editora Mercuryo Jovem.

O primeiro, ambientado em um quilombo maranhense, tem o tambor de crioula como pano de fundo da história de um garoto curioso que ajuda sua comunidade a recuperar a tradição da manifestação, que andava um tanto esquecida.

Já a lenda do Rei Sebastião conta em versos de cordel a história fantástica do Rei Sebastião que tendo desparecido numa batalha na África, reaparece em terras maranhenses na figura de um touro encantado. Ambos os livros são ilustrados pela artista paulista Dedê Paiva. 

Confira a programação de hoje da Felis



DIA 09 DE NOVEMBRO
(quarta-feira)

CAFÉ LITERÁRIO
Local: Centro de Criatividade Odylo Costa, filho
17h – Sarau Musical "Brilhando no Café"
Realização: Curso de Licenciatura em Música - DEART – UFMA
17h30 – Bate-Papo Literário "Gonçalves Dias e sua influência na literatura caxiense"
Debatedores: Raimundo Nonato Medeiros, Frederico Brandão, Antônio Augusto Brandão, Arthur Almada Lima Filho, Jaqcques Inandy Medeiros, Silvana Meneses, José de Ribamar Correa Filho, Quincas Vilaneto,
Mediador: Wybson Carvalho
19h – Sarau Café com Canção
Realização: Curso de Licenciatura em Música da Universidade Estadual do Maranhão - UEMA

PALCO FELIS
Local: Praça Nauro Machado
14h – O leão e o ratinho - UEB Nossos amiguinhos
15h – O mundo mágico da Leitura - Jeif Karaf
16h – Baú de Histórias – Xama Teatro
17h – Ritmos Urbanos – Luís Werico
18h – Palco Aberto
19h – O Milagre das Bodas de Canãa – Cena Aberta
20h - Clarins ao Vento – André Roberto

CONFERÊNCIAS
Local: Praça Nauro Machado
Horário: 20h
Palestrante: Márcia Tiburi (SP)
Tema: Literatura, Filosofia e Política
Mediador: Francisco Gonçalves (doutor em comunicação e cultura)
CASA DO ESCRITOR MARANHENSE – LANÇAMENTO DE LIVROS
Local: Vila dos Livros/Praça Casa do Maranhão
14h - "Uma amiga especial (braile)/ O gatinho curioso", Neuzimar de Maria Mandú; "Contos do cotidiano", Emanuelle Ferreira; "História de Paço do Lumiar em cordel/Antologia de escritores e poetas ''A.L.P.L'' - Ferreira da Silva
15h - "Historinhas do grilo Pitchulinho", Ronaldo Kroeff Daghawi
16h - "O saci da perna metálica"- Lourença Araújo
16h40 – "Cozinhando osso" - António Lobato Mello
17h10 - "Seu Rei Mandou" - Luciano Pontes
17h40 – "Desaparecida (Da série: Os Segredos de Uma Jovem Espiã)" - Déa Alhadef
18h10 – "São Luís 404 anos" - Adauto Silva França
19h - "A cachoeira encantadas e as araras" - Camila Maria e Vinícius José
20h - "Conhecendo divertidamente os alimentos" - Martha Reis Sousa
ESPAÇO JOVEM
Local: Vila dos Livros/Praça Casa do Maranhão
13h - Apresentação das Adolescentes do CJ Florescer - Projeto Maranhão: sua história em Músicas, Versos e Lendas - FUNAC
13h30 - Roda de Conversa: São Luís, Ilha Rebelde? Os desafios do Movimento Estudantil
Convidados: Marcia Cordeiro, Movimento Universitário Guará, CES, MEI
Mediador: Werberson Fernandes - COMJOVEM
15h - Oficina: "Liderança Juvenil"
Facilitador: Jhonathan Rocha
15h - Oficina Educação Financeira
Facilitadores: Adolescentes do Projeto Geração – Plan International
15h30 - Oficina: "Liderança Juvenil"
Facilitador: Jhonathan Rocha
16h - Papo Jovem: Relato de Experiência da Rede de Educação Integral – REI/São Luís
Convidados: Grupo Gestor da REI/CIEDS, Instituições da REI
Mediador: Movimento Universitário Guará
17h - Bate-papo com juventude: Duda Veloso
Mediador: Projeto Literatura Mútua
18h - Apresentação Artística dos adolescentes do SCFV - SEMCAS
19h30 - Apresentação Cultural dos Grupos de Jovens da Igreja
CASA DO PROFESSOR
Local: Auditório da Defensoria Pública do Estado do Maranhão
14h às 16h - Mesa Redonda: Caminhos para melhoria do ensino de Matemática.
Participantes: Prof. Doutorando Carlos André Bogéa Pereira, Prof. Especialista Marcos dos Santos Souza, Prof. Especialista Pedro de Alcântara Lima Filho e Profa. Doutoranda Waléria de Jesus Barbosa Soares.
Coordenadora: Profa. Mestranda Maria Rosinete Furtado Cantanhede
16h às 17h – Relato de experiência: Um novo olhar pedagógico em relação às quatro vertentes antissociais: indisciplina, bulling, violência escolar e drogas.
Palestrantes: Marcia Cristina Sá Netto e Jossilene Louzeiro Alves – professoras da UEB Dr. Neto Guterres
Local: Escola de Cinema – Unidade Vocacional Praia Grande
14 às 17h - Oficina: Brincar de Contar e Contar de Brincar
Ministrante: Luciano Pontes
Local: Auditório da Associação Comercial do Maranhão
14h às 16h30 – Roda de Conversa: SEMED 50 anos: histórias e memórias da educação pública municipal de São Luís
Participantes: Ex-secretários municipais de Educação
16h30 às 17h30 – Palestra: J'Apprens, Donc Je Suis (Aprendo, Logo Existo), com lançamento do livro e sessão de autógrafos.
Palestrante: Mara Welferinger (professora e tradutora)
IX SEMINÁRIO DE POLÍTICAS PÚBLICAS DE LEITURA, BIBLIOTECAS E INFORMAÇÃO
Local: Auditório do Centro de Criatividade Odylo Costa, filho
8h às 9h30 - Comunicações Orais - Mediadora: Profª Msc. Raimunda Ramos Marinho (UFMA)
9h - Palestra: Narrativas Visuais: Caminhos da Leitura – Palestrante: Escritor Luciano Pontes (Editora Meias Palavras)
9h30 às 12h - Mesa 2: Livro, Leitura e Biblioteca: uma questão de Políticas Públicas - Profª Msc Felipe Camarão (SEDUC); Prof. Msc. Moacir Feitosa (SEMED); Mediadora: Profª Drª Leoneide Brito Martins (UFMA)
13h às 14h30 - Apresentação de vídeos sobre Feminismo e Cultura do Estupro - Organização: PET/Biblioteconomia; Debatedora: Dayana Roberta Gomes (UDESC)
14h30 às 18h - Oficinas: Violência de Gênero: Como trabalhar na escola - Dra.Neuzely Almeida e Dra.Marly Dias (UEMA); Mulheres Recatadas e Mulheres Transgressoras: onde me espelho? - Grace Kelly S. Sousa/Dayana Roberta Gomes (UDESC); Como usar a internet como ferramenta de leitura e pesquisa - Mauricio Moraes e Djalda Muniz (UFMA)
BECO RIMA VIVA
Local: Escadaria do Beco Catarina Mina
18h30 às 19h30 – Recital Cordel com Moisés Nobre "Acredite se quiser" e Walbert Guimarães
CINE FELIS - MOSTRA MAVAM E GUARNICÊ 40 ANOS
Local: Casa do Maranhão
SESSÃO Cinema e Artes Plásticas: Mostra com filmes documentários que revela a história de grandes artistas maranhenses das artes visuais
14h30 às 16h "AIRTON MARINHO, PERÍCLES ROCHA E CLAUDIO COSTA" de Beto Matuck e Joaquim Haickel
SESSÃO Panorama Cinema Maranhense: Mostra com filmes de cineastas maranhenses, de várias gerações, que participaram do Festival Guarnicê de Cinema nestes 40 anos.
16h às 18h - OS DEVOTOS E O TAMBOR, de Isa Albuquerque; A VINGANÇA DAS PANTUFAS "O FILME", de Rogério Paiva Leite e Belízio Rego; O CHORO DA VIDA, de Rose Panet
CINE FELIS – MOSTRA HECTOR BABENCO
Local: Cine Praia Grande -Centro de Criatividade Odylo Costa Filho
18h – Filme "O Passado", de Hector Babenco - Baseado no romance "O Passado" de Alan Pauls e Josely Vianna Baptista.
PROGRAMAÇÃO AMEI NA FELIS
Local: Casa do Maranhão
15h – Contação de histórias: Livro "O gato que queria ser sapo", com a autora Cleo Rolim e "A princesa e o sapo", com a autora Assenção Pessoa.
16h – Bate-papo: Poesia contemporânea e Educação, com Antonio Ailton e Neurivan Sousa.
17h – Relançamento: Livro "A centelha de Eros", de Felipe Castro.
19h – Lançamento do livro "Diário de um contador de estrelas", de Hélio Bonfim.
20h – Palestra: Yeshua Há-Nazir, o Jesus histórico, com o pesquisador português soham Jñana.
PROGRAMAÇÃO DE LANÇAMENTOS – ESTANDE DA UFMA
Local: Estande da UFMA/Vila dos Livros
14h às 15h - CESAR AUGUSTUS LABRE LEMOS DE FREITA |RICARDO ZIMBRÃO AFFONSO DE PAULA | JOÃO GONSALO DE MOURA - Ensaios sobre Economia e Desenvolvimento Regional | Desenvolvimento, Território, Trabalho e Renda | O mito do Baú de Osso
15h às 16h - RAQUEL NORONHA - No coração da Praia Grande: Representações sobre a noção de patrimônio na Feira da Praia Grande
16h às 17h - DENILSON SANTOS - Artesanato no Maranhão: Práticas & Sentidos
17h às 18h - ANTONIO CORDEIRO FEITOSA - Lençóis Maranhenses
18h às 19h - FLAVIANO MENEZES - Moradas e Memórias
ESPAÇO MULHER: Programação Biblioteca Maria da Penha Maia Fernandes
Local: Casa do Maranhão
DIA 09/11 (quarta)
13h às 20h - Exposição do acervo de livros, folhetos, panfletos que retratem o histórico de conquistas da mulher, assim como seus direitos / Exposição de fotos com ações da SEMU

16h às 19h - Elaboração de poemas a partir do tema "mulher"

terça-feira, 8 de novembro de 2016

Eduardo Bueno é atração de hoje na FELIS

O jornalista, editor e tradutor Eduardo Bueno é a grande atração de hoje da Felis, a partir das 20h, na Praça Nauro Machado. Autor da coleção Terra Brasilis, ele se tornou um dos maiores fenômenos editoriais do país, tendo ocupado de forma inédita a lista dos mais vendidos dos principais jornais e revistas nacionais com três dos seus títulos – Viagem do Descobrimento, Náufragos, Traficantes e Degredados e Capitães do Brasil. Como nem tudo são flores, em 2014 Bueno cometeu um deslize. Durante o programa “Extraordinários”, do canal a cabo Sport TV, ele se referiu ao Nordeste como “aquela bosta”. E aí as coisas azedaram. A grita foi geral, com o escritor acusado de preconceituoso e tentativa de enquadrá-lo na justiça.
Bueno, é claro, teria reagido, e bem ao seu estilo. “Eu tenho que falar um tema sério, sério de verdade. Não é brincadeira, é um pronunciamento. O negócio é o seguinte: eu quero declarar guerra! Guerra a nordestino babaca! Está cheio de nordestino babaca e eu conjuro e chamo todos os nordestinos verdadeiros que amam o Nordeste como eu. Eu conjuro e chamo aqui nesta sala Pierre Verger, que não era nordestino, era francês, mas sabia tudo de lá. Eu chamo Carybé, aquele homem maravilhoso que eu conheci, Antonio Risério, Leonardo Dantas, Xico Sá, Torquato Neto, que a gente cantou aqui”.
“Se quiserem fazer protesto contra mim, façam. É o seguinte: chega dessa ditadura desses babacas de Twitter. Quer brigar comigo? Vem, mas leia quarenta livros e ame e venere o Nordeste como eu amo e venero o Nordeste. É isso aí! Tem uma petição pública querendo me processar. Pegaram o cara errado! ”, desabafou.
Veja a fala de Eduardo Bueno que gerou a polêmica.




Feira do Livro: veja a programação de hoje




Programação da 10ª Feira do Livro
DIA 08 DE NOVEMBRO
(terça-feira)


CAFÉ LITERÁRIO
Local: Centro de Criatividade Odylo Costa, filho
17h – Sarau Musical "Brilhando no Café"
Realização: Curso de Licenciatura em Música - DEART – UFMA
17h30 – Bate-Papo Literário: Gonçalves Dias: as várias faces do poeta maior
Debatedores: Weberson Fernandes Grizoste, Dino Cavalcante e Renata Ribeiro
Mediador: José Neres
19h – Sarau Café com Canção
Realização: Curso de Licenciatura em Música da Universidade Estadual do Maranhão - UEMA

PALCO FELIS
Local: Praça Nauro Machado
14h – Ciranda da Rosa Vermelha – UEB Primavera
14h40 – Dança do Ventre – UEB Primavera
15h – Nazuá e o Arco íris – Residência 05
16h – Baú de Histórias – Xama Teatro
17h – A mala do biruta – André Coelho
18h30 – Um apartamento no céu - NAFEM
CONFERÊNCIAS
Local: Praça Nauro Machado
Horário: 20h
Palestrante: Eduardo Bueno (RS)
Tema: Na Estrada da História
Mediador: Marcus Saldanha (jornalista e historiador)
CASA DO ESCRITOR MARANHENSE – LANÇAMENTO DE LIVROS
Local: Vila dos Livros/Praça da Casa do Maranhão
15h - "Obrigado cantador" - Tibúrcio Bezerra.
16h - "Brasil Império - ao púbico serviço imperial" - Marcelo Cheche Galves
17h – "Maria, a nova sapho, ou cordel de pedra do tanque" - Carlos Alberto S. Fernandes
18h - "A morte da defunta e outros contos" - Charles Santos Simões
19h - "Da terra das primaveras a 'Ilha do amor" - Carlos Benedito Rodrigues Da Silva
20h - "Confissões de um presídio e o perigo das drogas" – Francisco Júnior Marques de Araújo
ESPAÇO JOVEM
Local: Vila dos Livros/Praça Casa do Maranhão
13h - Apresentação Artística: Hip Hop do Centro de Juventude Eldorado - FUNAC13h30 - Roda de conversa – Juventudes, cultura e periferia
Convidados: Fórum Municipal de Juventudes, Nando Marley, Fórum Maranhense de Artes Cênicas, Sebo no Chão, Conselho Municipal de Cultura, Movimento do Skate, Oton Salazar do Hip – Hop, Professor de Hip Hop do Centro de Juventude Eldorado – FUNAC
Mediador: FMJ
15h - Oficina de Sensibilização contra o Bullying.
Facilitador: Plan International
16h - Papo Jovem: "O Atlas Linguístico do Maranhão: fotografias do falar maranhense"
Facilitador/a: Prof. Dr. José de Ribamar Mendes Bezerra e Profa. Dra. Conceição Ramos – Departamento de Letras/UFMA
17h - Bate-papo com juventude: Ferrez (SP)
Mediador: Projeto Literatura Mútua
18h30 - Apresentação Artística: Centro de Convivência Vila Luizão19h30 - Sarau de Poesia
CASA DO PROFESSOR
Local: Auditório da Defensoria Pública do Estado do Maranhão
14h às 15h - Palestra: A Escola Modelo Benedito Leite no Contexto de Produção da Educação Moderna em São Luís-MA (1900-1920).
Palestrante: Delcineide Maria Ferreira Segadil
15h às 17h - Roda de Conversa: A Importância do trabalho que o(a) professor(a) realiza junto ao educando hospitalizado
Mediadoras: Margareth Santos Fonseca (SEMED), Nilsen Maria de Almeida Costa (SEMED), Maria Benedita Froes da Silva (Fundação Antonio Brunno)
Local: Escola de Cinema – Unidade Vocacional Praia Grande
14h às 17h - Oficina: Brincar de Contar e Contar de Brincar
Ministrante: Luciano Pontes
Local: Auditório da Associação Comercial do Maranhão
15h às 16h30 - Palestra: Relações Interpessoais e autoestima: a sala de aula como espaço de crescimento integral.
Palestrante: Prof. Celso Antunes.
IX SEMINÁRIO DE POLÍTICAS PÚBLICAS DE LEITURA, BIBLIOTECAS E INFORMAÇÃO
Local: Auditório do Centro de Criatividade Odylo Costa, filho
8h às 9h30 - Comunicações Orais - Mediadora: Dra. Claudia Pecegueiro (UFMA)
9h30 às 12h - Mesa 1: O Desmonte das Políticas Públicas de cultura no Brasil: foco nas Bibliotecas Públicas e Escolares – Doutorando Franklin Douglas; Dra. Maria da Glória Pinto de Alencar (UFMA); Doutorando Carlos Wellington Martins (UFMA); Mediadora: Dra. Márcia Pimenta (UFMA)
13h às 14h30 Apresentação de vídeos sobre Racismo, Preconceitos e Homofobia - Organização: PET/Biblioteconomia Debatedora: Msc. Francilene Cardoso (UFMA)
14h30 às 18h - Oficinas: Negros e negras e suas representações na literatura - Msc.Francilene Cardoso (UFMA); O Brasil e a atual conjuntura política - Msc. Berenice Gomes (UFMA); "Ser gay no mundo heterossexual" - Thiago Viana (Bacharel em Direito) e Os Jornais como Material Pedagógico - Alyne Matos; Janailton Lopes e Dulce Hirli (UFMA)
BECO RIMA VIVA
Local: Escadaria do Beco Catarina Mina
18h30 às 19h30 – Recital Cordel com Paulinho Nó Cego
Mediador: Moisés Nobre
CINE FELIS - MOSTRA MAVAM E GUARNICÊ 40 ANOS
Local: Casa do Maranhão
SESSÃO Cinema e Artes Plásticas: Mostra com filmes documentários que revela a história de grandes artistas maranhenses das artes visuais
14h30 às 16h - MARLENE BARROS, CIRO FALCÃO E MARÇAL ATHAYDE, de Beto Matuck e Joaquim Haickel
SESSÃO Panorama Cinema Maranhense: Mostra com filmes de cineastas maranhenses, de várias gerações, que participaram do Festival Guarnicê de Cinema nestes 40 anos.
16h às 18h - MARISA VAI AO CINEMA, de Murilo Santos; PERIQUITO SUJO, de Luís Carlos Cintra e Euclides Moreira; ROSAS, de Ione Coelho e MORTE ANUNCIADA, de Rita Miranda
CINE FELIS – MOSTRA HECTOR BABENCO
Local: Cine Praia Grande -Centro de Criatividade Odylo Costa Filho
18h – Filme "O Beijo da Mulher Aranha", de Hector Babenco - Baseado no romance "O Beijo da Mulher Aranha" de Manuel Puig.
PROGRAMAÇÃO AMEI NA FELIS
Local: Casa do Maranhão
14h – Palestra: Literatura Maranhense no contexto regional e nacional, com o professor e escritor Natinho Costa Fênix.
15h – Oficina: Contação de Histórias, com a professora e escritora Heloísa Sousa.
18h - Bate-papo: "Desafios da Poesia na Era Digital", com os escritores Eloy Melônio, Raysa Facuri e Antonio Melo.
19h - Apresentação Musical: Hélio Bonfim ao som de violão e violino.
20h - Relançamento: Livro "Sacrifício", de Duda Veloso.
PROGRAMAÇÃO DE LANÇAMENTOS – ESTANDE DA UFMA
Local: Estande da UFMA/Vila dos Livros
14h às 15h - JOSÉ CARLOS DE MELO | THELMA HELENA COSTA CHAINI- Reflexões & Práticas na formação continuada da Educação Infantil | (Re)visitando as Práticas das Professoras da Educação Infantil na Ilha do Maranhão (VOL I e II) | A Formação Continuada de Professores da Educação infantil: distintas abordagens
15h às 16h - CERES COSTA FERNANDES - O Narrador Plural na obra de José Saramago | Café Literário (AML)
16h às 17h - FLÁVIA DE ALMEIDA MOURA - Trabalho escravo e mídia: olhares de trabalhadores rurais maranhenses
17h às 18h - ALDY MELLO - A Universidade Esquecida | Uma versão preliminar da Educação Superior | O poder no Tempo | A ética como prática humana | Dialética dos Sentimentos
18h às 19h - PAULO GARRÉ - Estratificação social, escolar e linguística
ESPAÇO MULHER: Programação Biblioteca Maria da Penha Maia Fernandes
Local: Casa do Maranhão
DIA 08/11 (terça)
13h às 20h - Exposição do acervo de livros, folhetos, panfletos que retratem o histórico de conquistas da mulher, assim como seus direitos / Exposição de fotos com ações da SEMU

16h às 19h - Construção de cartazes/ produção textual a partir da música "Lei Maria da Penha" da cantora Alcione, trabalhando a violência contra as mulheres (oficina)

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Felis começa na Praia Grande

Escritores maranhenses ganharam espaço exclusivo na Felis

Finalmente a Feira do Livro de São Luís teve início com solenidade no centro Cultural Odylo Costa, filho. Como já se sabia, a falta de compromisso da prefeitura (o que não se estende aos servidores que estão trabalhando na linha de frente do evento) resultou no encolhimento flagrante da Felis e num sentimento de frustração diante do que o evento poderia ter sido, mas não foi. Em lugar de uma grande festa para completar sua primeira década de existência, o maior evento literário do estado parece estar sendo realizado apenas para cumprir tabela. Detalhe: em meio a esse cenário sóbrio, algumas coisas interessantes. O que mais me chamou a atenção até agora foi a montagem de um espaço, na Casa do Maranhão, com stands reservados exclusivamente para autores maranhenses. Uma conquista, que resultou da organização de escritores locais reunidos em torno de uma associação criada recentemente, a AMEI, que já conta com bom número de membros e promete trabalhar pela valorização dos profissionais do estado. 

Mais mudanças na Felis

Na página da Secretaria Municipal de Cultura, na matéria Prefeitura e Sesc abrem a 10ª Feira do Livro de São Luís nesta segunda-feira (7), consta o seguinte : “A conferência de abertura acontecerá na Praça Nauro Machado, às 20h, com o pesquisador Weberson Grizoste, especialista na obra de Gonçalves Dias." O texto motivou minha última postagem (que caiu no vazio) sobre a abertura da Feira. Que na verdade, segundo o convite aqui copiado, não acontecerá nem na Nauro Machado, nem às 20h. Mas sim no Odylo Costa Filho, às 18h30. Reagendem-se. 

domingo, 6 de novembro de 2016

O patrono da Feira é Gonçalves Dias; melhor, para evitar ciumeiras

Xilogravura de Airton Marinho para um cordel inédito sobre a vida de Gonçalves Dias

Ao contrário de edições passadas, o patrono da Felis 2016 não é um escritor vivo, mas que se imortalizou pelo poder da sua produção e importância da sua obra. Trata-se do caxiense Gonçalves Dias, sendo a opção por um escritor já falecido, na minha opinião, acertada, na medida em que evita guerrilhas de ego e ciumeiras que eventualmente envolvem a escolha do principal homenageado da Feira.
Menos lembrado do que deveria entre nós, maranhenses, Antônio Gonçalves Dias nasceu no dia 10 de agosto de 1823, em Caxias. Era filho do comerciante português João Manuel Gonçalves e da brasileira, cafuza, Vicência. Que foi mandada embora quando o pai do poeta conhece D. Adelaide Ramos d’Almeida, com quem se casa.
Em 1830 o menino, que fica sob a guarda paterna, inicia os estudos das primeiras letras com o professor José Joaquim de Abreu. Nos anos seguintes estuda caligrafia e contas, trabalha com desenvoltura no estabelecimento comercial do pai, para em maio de 1837 partir na companhia de João Manuel para São Luís com destino a Portugal. O genitor, adoentado, viaja para tratamento de saúde; o filho, que chamava a atenção dos amigos da família pela sua inteligência e conhecimentos, para estudar Direito em Coimbra.
É então que o futuro poeta sofre o primeiro grande revés da sua vida. Na capital, a saúde de João Manuel recrudesce e ele morre, voltando Antônio para Caxias onde passa a residir com a aquela que tomara o lugar da sua mãe Vicência, a madrasta Adelaide. (Continua)