Pular para o conteúdo principal

Programação de hoje da Felis


PROGRAMAÇÃO DA FELIS - DIA 11 DE NOVEMBRO
(sexta-feira)
CAFÉ LITERÁRIO
Local: Centro de Criatividade Odylo Costa, filho
17h – Sarau Musical "Brilhando no Café"
Realização: Curso de Licenciatura em Música - DEART – UFMA
17h30 – Bate-Papo Literário: "Homenagem ao teatrólogo Aldo Leite"
19h30 – Sarau Café com Canção
Realização: Curso de Licenciatura em Música da Universidade Estadual do Maranhão – UEMA
PALCO FELIS
Local: Praça Nauro Machado
14h – As sete lendas que encantam São Luís – UEB Cecília Meireles
15h – Histórias Bilíngues – LABORARTE
16h – Ballet Infantil – Escola Marista
16h30 – Histórias para contar – Cia Nhá Caboca
17h – A mulher ambulante – SMB Cordeiro
18h – As bodas de canãa – Cena Aberta
21h – Clarins ao Vento – André Roberto
APRESENTAÇÕES CULTURAIS - SEMED 
LOCAL: TEATRO JOÃO DO VALE
14h - Projeto Balé - Creche Escola Maria De Jesus Carvalho (Educação Infantil)
15h – Coral Melodia com as Mãos - UEB Maria Alice Coutinho
15h30 - Espetáculo Teatral: Escravidão - UEB Bandeira Tribuzzi (Programa Mais Educação)
16hs - Ballet infantil - Colégio Marista Araçagy
CONFERÊNCIAS
Local: Praça Nauro Machado
Horário: 20h
Palestrante: Marcia Tiburi (SP)
Tema: Literatura, Filosofia e Política
Mediador: Francisco Gonçalves (doutor em comunicação e cultura)
CASA DO ESCRITOR MARANHENSE – LANÇAMENTO DE LIVROS
Local: Vila dos Livros/Praça da Casa do Maranhão
14h - "Revista Catirina e Pai Francisco" de Beto Nicácio, e "Ajurujuba - a fundação da cidade de São Luís" de Iramir Araújo
15h - "Avaliação da aprendizagem" - Silvana Machado
16h - "Um espectro ronda a ilha; o comunismo na imprensa de são luís" - Ariel Tavares Pereira
17h - "Coletâneas de cordéis" - Raimunda Pinheiro de Souza Frazão
17h40, livro "Pelos Caminhos da Força Expedicionária Brasileira na Segunda Guerra Mundial: condições e contradições de uma época", de Dilercy Aragão Adler.
18h - "Reconstituição da história de Axixá do Munim" - Antônio Oliveira Santos
19h - "Vivendo teatrodança (autografo + performance)" - Júlia Emília B. F. Da Silva
20h - "São Luís, cidade radiante" - José Antônio Viana Lopes
16h. Sala de autógrafos. Bate papo: "A disciplina, o rebanho e os capitães: um passeio literário nas obras da UEMA 2017". Debatedores: Álvaro Luís Lima Maio e Lizia Adriane Freire Ferreira
ESPAÇO JOVEM
Local: Vila dos Livros/Praça do Casa do Maranhão
13h - Apresentação Cultural: Contação de História sobre Participação Juvenil/Adolescentes do CJ Florescer/FUNAC
13h30 - Roda de conversa: Participação Juvenil em tempos de crise
Convidados: Dayana Roberta, Jorge Hilton, Adolescentes do Comitê Infanto Juvenil do Jeniparana, Adolescente do CJ Florescer/FUNAC, PROJUR/Rede Amiga da Criança
Mediador: Fórum Municipal de Juventudes
15h - Oficina: Por mim, por nós e por todas: contra a Cultura de Estupro
Facilitação: GERAMUS, Rede Amiga da Mulher, CEM, CMCF, NAFEM, Coletivo Quebradeira
16h - Papo Jovem: Jovens: participação e Ativismo feminista
Facilitadores: Fórum Maranhense de Mulheres; NAFEM; Coletivo Quebradeiras
17h - Bate-papo com juventude: Sabrina Mendes / Gustavo Lacombe (RJ)
Mediador: Projeto Literatura Mútua
18h - Painel: Saúde LGBT
Mediador: Werberson Fernandes
19h30 – Palestra sobre Cultura Otaku
Facilitador: Saylon Sousa – GPEAC/UFMA
CASA DO PROFESSOR
Local: Auditório da Defensoria Pública do Estado do Maranhão
14h às 15h50 - Palestra e mini oficina: Lendas Maranhenses em Paper Toy
Ministrante: João Manoel Santos (Designer)
16h às 17h - Roda de Conversa: Educação para o Trânsito na Escola
Participantes: Luís José Câmara Pedrosa (SEDUC) e Lourival da Cunha Souza (Ong SOS Vida)
Local: Escola de Cinema – Unidade Vocacional Praia Grande
14 às 18h - Oficina: Contar Histórias: arte da memória
Ministrante: Gisele Vasconcelos (Departamento de Arte – UFMA)
Local: Centro de Criatividade Odylo Costa, filho
14h às 16h30 - Seminário: Livros Acessíveis e Inclusivos: Contribuições para a democratização do acesso
Palestrante: Carla Mauch
IX SEMINÁRIO DE POLÍTICAS PÚBLICAS DE LEITURA, BIBLIOTECAS E INFORMAÇÃO
Local: Auditório do Centro de Criatividade Odylo Costa, filho
8h às 9h30 - Comunicações Orais -
9h30 às 12h - Mesa 4: Bibliotecas e Arquivos: espaços de memória e de inclusão? Dra. Aldinar Martins Bottentuit (UFMA); Profª Doutoranda Dirlene Barros (UFMA); Dr. Doutorando José Oliveira da Silva Filho; Mediador: Profº Dr. Roosewelt Lins
13h às 17h - Apresentação de Comunicações Orais Mediadores: Dr. Samuel Velazquez; Msc. Márcia Cordeiro (UFMA)
14h às 17h30 - Oficinas: Estratégias de Leitura e Formação de Leitores - Profª Drª Leoneide Martins (UFMA); História e Memória de Professores - Profa. Ana Chapoudry; Mediação da Leitura em Bibliotecas Comunitárias – Thais Rodrigues (Rede Leitora Terra das Palmeiras)
18h – Encerramento – Lançamento de livros
BECO RIMA VIVA
Local: Praça da Casa do Maranhão
18h às 20h – Concurso de Poesia FESTIVAL PAPOÉTICO.
CINE FELIS - MOSTRA MAVAM E GUARNICÊ 40 ANOS
Local: Casa do Maranhão
SESSÃO Animações Maranhenses: Mostra especial com filmes de animação produzidos por animadores maranhenses
14h30 às 16h - PADRE NOSSO, A PONTE, UPAON AÇU, SAINT LOUIS, SÃO LUIS, de Joaquim Haickel
SESSÃO Panorama Cinema Maranhense: Mostra com filmes de cineastas maranhenses, de várias gerações, que participaram do Festival Guarnicê de Cinema nestes 40 anos.
16h às 18h - AI QUE VIDA, de Cícero Filho
PROGRAMAÇÃO AMEI NA FELIS
Local: Casa do Maranhão
14h – Contação de história: Pedro Malasarte, com a escritora Edna Mendonça e As Proezas do Filho do Pescador, com o escritor Antonio Melo.
15h – Bate-papo: Poesia em Rede: o romantismo na pós-modernidade, com os escritores Carlos Vinhorth, Jediael Everton, Mateus Borges e Rafaela Rocha.
16h – Relançamento: Livro Pérolas ao Tempo, de Rosemary Rêgo.
17h – Palestra: A sexualidade enquanto comportamento, com os escritores Histarley Monte Negro e Ahtange Ferreira.
18h – Lançamento: Livro Soraia, de Histarley Monte Negro.
19h – Lançamento: Livro Metamorfose, de Antonio Augusto.
20h – Lançamento: Livro Idade da Águia, de Sofia Tavares e Recital Lírico, com Sofia Tavares e convidados.
PROGRAMAÇÃO DE LANÇAMENTOS – ESTANDE DA UFMA
Local: Estande da UFMA/Vila dos Livros
14h às 15h - DINO CAVALCANTE | JOSÉ NERES - O Século XX e Literatura Maranhense: reflexões sobre a narrativa em prosa | Um Maranhão chamado Sobrinho
15h às 16h - VIVIANE BARBOSA - Na Terra das Palmeira: Gênero, Trabalho e Identidades no Universo das Quebradeiras de Coco Babaçu no Maranhão
16h às 17h - NAIARA SALES ARAÚJO SANTOS - Ficção Cientifica Brasileira: Cultura, Identidade e Política | Ensino de línguas: Múltiplos Olhares | Ensino de Línguas e Discurso: Reflexões e Práticas | Identidade: Ressonâncias
17h às 18h - JAMES RIBEIRO | JUSSARA SILVA DANTAS | MARYZÉLIA FURTADO DE FARIAS - Análise sobre a política territorial no Baixo Parnaíba-MA
18h às 19h - NATALINO SALGADO FILHO - Tarquino Lopes Filho: médico, político, jornalista, administrador que virou mito | Faculdade de Medicina: uma história de 59 anos.
ESPAÇO MULHER: Programação Biblioteca Maria da Penha Maia Fernandes
Local: Casa do Maranhão
13h às 20h - Exposição do acervo de livros, folhetos, panfletos que retratem o histórico de conquistas da mulher, assim como seus direitos / Exposição de fotos com ações da SEMU
16h às 19h - Elaboração de textos,desenhos a partir da apresentação de vídeo que retratem a temática violência contra as mulheres

Postagens mais visitadas deste blog

"Arte e Manhas do Jabuti" será lançado em junho

Publicado com o selo Autêntica, será lançado em breve, em São Luís, o meu infantil Arte e Manhas do Jabuti. O livro, com recontos da tradição oral dos tenetehara, tem apresentação do escritor e pesquisador da cultura popular, Marco Haurélio, e belíssimas ilustrações de Taisa Borges.  Lembrete: para quem quiser se adiantar, o livro já se encontra em pré-venda na página da editora (http://grupoautentica.com.br/). Arte e Manhas do Jabuti conta com apoio cultural do SESC-MA.




























A menina inhame e Os dois irmãos e o olu: dois belos contos africanos em versos de cordel

Acabaram de sair pela editora SESI-SP os livros A menina inhame e Os dois irmãos e o olu, contos africanos que ganharam nessas obras versões em cordel.
A menina inhame é um conto tradicional africano recolhido e recontado por Agnès Agboton, com tradução do escritor Celso Sisto para o português. E a ideia foi unir a tradição dos versos de cordel à forte tradição africana voltada para a oralidade, manifestada com imensa beleza estética nesta história de provável origem iorubá.
O conto fala da angústia de uma mulher que desprezada pela sua comunidade por não conseguir ter filhos, pede a algo da natureza (no caso um inhame, tubérculo que em alguns países da África tem uma simbologia ancestral ligada à fertilidade) que se converta em sua filha. Assim, a fim de convencer o inhame, chamado Tevi, a atender-lhe o desejo, a mulher promete jamais revelar a verdadeira origem da moça. Mas acaba, o que gera desagradáveis consequências, quebrando a promessa num momento de raiva.
Os dois irmão e o …

O dono da banca: a história e as polêmicas por trás da maior editora de revistas do país

Da revista Veja já se disse quase tudo. Que é conservadora, reacionária, de esquerda, de direita, elitista, sem compromisso com os fatos ou com os princípios básicos do jornalismo. Enfim, um manancial de adjetivos desabonadores cuja lista aumenta sempre que a revista, com suas posições e matérias, melindra sensibilidades.  Exemplo antigo: reportagem de Veja de 1989 estampando foto do cantor e compositor Cazuza com o título: “Uma vítima da Aids agoniza em praça pública”. Exemplo recente: capa de Veja com foto de Marcela, esposa do presidente Michel Temer, chamando para reportagem sobre a primeira-dama. Para muitos, tratava-se de mais uma tentativa da revista de ajudar a atenuar a rejeição dos brasileiros em relação ao desgastado presidente.
De qualquer maneira não deixa de ser instrutivo, mesmo para os mais viscerais desafetos da principal joia da coroa da Editora Abril, a leitura de “Roberto Civita, o dono da banca”, do jornalista Carlos Maranhão. Trata-se da biografia de Roberto Civit…