Pular para o conteúdo principal

Programação de hoje da Felis


PROGRAMAÇÃO DA FELIS - DIA 11 DE NOVEMBRO
(sexta-feira)
CAFÉ LITERÁRIO
Local: Centro de Criatividade Odylo Costa, filho
17h – Sarau Musical "Brilhando no Café"
Realização: Curso de Licenciatura em Música - DEART – UFMA
17h30 – Bate-Papo Literário: "Homenagem ao teatrólogo Aldo Leite"
19h30 – Sarau Café com Canção
Realização: Curso de Licenciatura em Música da Universidade Estadual do Maranhão – UEMA
PALCO FELIS
Local: Praça Nauro Machado
14h – As sete lendas que encantam São Luís – UEB Cecília Meireles
15h – Histórias Bilíngues – LABORARTE
16h – Ballet Infantil – Escola Marista
16h30 – Histórias para contar – Cia Nhá Caboca
17h – A mulher ambulante – SMB Cordeiro
18h – As bodas de canãa – Cena Aberta
21h – Clarins ao Vento – André Roberto
APRESENTAÇÕES CULTURAIS - SEMED 
LOCAL: TEATRO JOÃO DO VALE
14h - Projeto Balé - Creche Escola Maria De Jesus Carvalho (Educação Infantil)
15h – Coral Melodia com as Mãos - UEB Maria Alice Coutinho
15h30 - Espetáculo Teatral: Escravidão - UEB Bandeira Tribuzzi (Programa Mais Educação)
16hs - Ballet infantil - Colégio Marista Araçagy
CONFERÊNCIAS
Local: Praça Nauro Machado
Horário: 20h
Palestrante: Marcia Tiburi (SP)
Tema: Literatura, Filosofia e Política
Mediador: Francisco Gonçalves (doutor em comunicação e cultura)
CASA DO ESCRITOR MARANHENSE – LANÇAMENTO DE LIVROS
Local: Vila dos Livros/Praça da Casa do Maranhão
14h - "Revista Catirina e Pai Francisco" de Beto Nicácio, e "Ajurujuba - a fundação da cidade de São Luís" de Iramir Araújo
15h - "Avaliação da aprendizagem" - Silvana Machado
16h - "Um espectro ronda a ilha; o comunismo na imprensa de são luís" - Ariel Tavares Pereira
17h - "Coletâneas de cordéis" - Raimunda Pinheiro de Souza Frazão
17h40, livro "Pelos Caminhos da Força Expedicionária Brasileira na Segunda Guerra Mundial: condições e contradições de uma época", de Dilercy Aragão Adler.
18h - "Reconstituição da história de Axixá do Munim" - Antônio Oliveira Santos
19h - "Vivendo teatrodança (autografo + performance)" - Júlia Emília B. F. Da Silva
20h - "São Luís, cidade radiante" - José Antônio Viana Lopes
16h. Sala de autógrafos. Bate papo: "A disciplina, o rebanho e os capitães: um passeio literário nas obras da UEMA 2017". Debatedores: Álvaro Luís Lima Maio e Lizia Adriane Freire Ferreira
ESPAÇO JOVEM
Local: Vila dos Livros/Praça do Casa do Maranhão
13h - Apresentação Cultural: Contação de História sobre Participação Juvenil/Adolescentes do CJ Florescer/FUNAC
13h30 - Roda de conversa: Participação Juvenil em tempos de crise
Convidados: Dayana Roberta, Jorge Hilton, Adolescentes do Comitê Infanto Juvenil do Jeniparana, Adolescente do CJ Florescer/FUNAC, PROJUR/Rede Amiga da Criança
Mediador: Fórum Municipal de Juventudes
15h - Oficina: Por mim, por nós e por todas: contra a Cultura de Estupro
Facilitação: GERAMUS, Rede Amiga da Mulher, CEM, CMCF, NAFEM, Coletivo Quebradeira
16h - Papo Jovem: Jovens: participação e Ativismo feminista
Facilitadores: Fórum Maranhense de Mulheres; NAFEM; Coletivo Quebradeiras
17h - Bate-papo com juventude: Sabrina Mendes / Gustavo Lacombe (RJ)
Mediador: Projeto Literatura Mútua
18h - Painel: Saúde LGBT
Mediador: Werberson Fernandes
19h30 – Palestra sobre Cultura Otaku
Facilitador: Saylon Sousa – GPEAC/UFMA
CASA DO PROFESSOR
Local: Auditório da Defensoria Pública do Estado do Maranhão
14h às 15h50 - Palestra e mini oficina: Lendas Maranhenses em Paper Toy
Ministrante: João Manoel Santos (Designer)
16h às 17h - Roda de Conversa: Educação para o Trânsito na Escola
Participantes: Luís José Câmara Pedrosa (SEDUC) e Lourival da Cunha Souza (Ong SOS Vida)
Local: Escola de Cinema – Unidade Vocacional Praia Grande
14 às 18h - Oficina: Contar Histórias: arte da memória
Ministrante: Gisele Vasconcelos (Departamento de Arte – UFMA)
Local: Centro de Criatividade Odylo Costa, filho
14h às 16h30 - Seminário: Livros Acessíveis e Inclusivos: Contribuições para a democratização do acesso
Palestrante: Carla Mauch
IX SEMINÁRIO DE POLÍTICAS PÚBLICAS DE LEITURA, BIBLIOTECAS E INFORMAÇÃO
Local: Auditório do Centro de Criatividade Odylo Costa, filho
8h às 9h30 - Comunicações Orais -
9h30 às 12h - Mesa 4: Bibliotecas e Arquivos: espaços de memória e de inclusão? Dra. Aldinar Martins Bottentuit (UFMA); Profª Doutoranda Dirlene Barros (UFMA); Dr. Doutorando José Oliveira da Silva Filho; Mediador: Profº Dr. Roosewelt Lins
13h às 17h - Apresentação de Comunicações Orais Mediadores: Dr. Samuel Velazquez; Msc. Márcia Cordeiro (UFMA)
14h às 17h30 - Oficinas: Estratégias de Leitura e Formação de Leitores - Profª Drª Leoneide Martins (UFMA); História e Memória de Professores - Profa. Ana Chapoudry; Mediação da Leitura em Bibliotecas Comunitárias – Thais Rodrigues (Rede Leitora Terra das Palmeiras)
18h – Encerramento – Lançamento de livros
BECO RIMA VIVA
Local: Praça da Casa do Maranhão
18h às 20h – Concurso de Poesia FESTIVAL PAPOÉTICO.
CINE FELIS - MOSTRA MAVAM E GUARNICÊ 40 ANOS
Local: Casa do Maranhão
SESSÃO Animações Maranhenses: Mostra especial com filmes de animação produzidos por animadores maranhenses
14h30 às 16h - PADRE NOSSO, A PONTE, UPAON AÇU, SAINT LOUIS, SÃO LUIS, de Joaquim Haickel
SESSÃO Panorama Cinema Maranhense: Mostra com filmes de cineastas maranhenses, de várias gerações, que participaram do Festival Guarnicê de Cinema nestes 40 anos.
16h às 18h - AI QUE VIDA, de Cícero Filho
PROGRAMAÇÃO AMEI NA FELIS
Local: Casa do Maranhão
14h – Contação de história: Pedro Malasarte, com a escritora Edna Mendonça e As Proezas do Filho do Pescador, com o escritor Antonio Melo.
15h – Bate-papo: Poesia em Rede: o romantismo na pós-modernidade, com os escritores Carlos Vinhorth, Jediael Everton, Mateus Borges e Rafaela Rocha.
16h – Relançamento: Livro Pérolas ao Tempo, de Rosemary Rêgo.
17h – Palestra: A sexualidade enquanto comportamento, com os escritores Histarley Monte Negro e Ahtange Ferreira.
18h – Lançamento: Livro Soraia, de Histarley Monte Negro.
19h – Lançamento: Livro Metamorfose, de Antonio Augusto.
20h – Lançamento: Livro Idade da Águia, de Sofia Tavares e Recital Lírico, com Sofia Tavares e convidados.
PROGRAMAÇÃO DE LANÇAMENTOS – ESTANDE DA UFMA
Local: Estande da UFMA/Vila dos Livros
14h às 15h - DINO CAVALCANTE | JOSÉ NERES - O Século XX e Literatura Maranhense: reflexões sobre a narrativa em prosa | Um Maranhão chamado Sobrinho
15h às 16h - VIVIANE BARBOSA - Na Terra das Palmeira: Gênero, Trabalho e Identidades no Universo das Quebradeiras de Coco Babaçu no Maranhão
16h às 17h - NAIARA SALES ARAÚJO SANTOS - Ficção Cientifica Brasileira: Cultura, Identidade e Política | Ensino de línguas: Múltiplos Olhares | Ensino de Línguas e Discurso: Reflexões e Práticas | Identidade: Ressonâncias
17h às 18h - JAMES RIBEIRO | JUSSARA SILVA DANTAS | MARYZÉLIA FURTADO DE FARIAS - Análise sobre a política territorial no Baixo Parnaíba-MA
18h às 19h - NATALINO SALGADO FILHO - Tarquino Lopes Filho: médico, político, jornalista, administrador que virou mito | Faculdade de Medicina: uma história de 59 anos.
ESPAÇO MULHER: Programação Biblioteca Maria da Penha Maia Fernandes
Local: Casa do Maranhão
13h às 20h - Exposição do acervo de livros, folhetos, panfletos que retratem o histórico de conquistas da mulher, assim como seus direitos / Exposição de fotos com ações da SEMU
16h às 19h - Elaboração de textos,desenhos a partir da apresentação de vídeo que retratem a temática violência contra as mulheres

Postagens mais visitadas deste blog

FEIRA DO LIVRO COMEÇA SÓ SEGUNDA

Não teve jeito. A Feira de Livros de São Luís, que este ano deveria festejar uma década de existência, arrisca ser a mais fraca de todos os tempos. Alguns dos motivos: 1) A feira, que antes era realizada em dez dias, ficará com apenas sete. Ou seja, perderá um fim de semana, acarretando tremenda perda para os livreiros e para a comunidade, que terá menos tempo para visitação; 2) A feira encolheu de tamanho. Dos 32 stands a serem administrados pela Associação dos Livreiros, ficaram 28, o que acarretou a lamentável saída de uma das maiores editoras deste país, a Paulus; 3) Afora a mídia institucional e a pouca espontânea, a Felis praticamente não contou com divulgação, o que é impensável para um evento desse porte; 4) A forma atabalhoada e de última hora como a estrutura está sendo montada. Tanto que, prevendo-se que não estarão concluídas até amanhã (o que parece óbvio), resultou no cancelamento da abertura oficial do evento. E por que aconteceu assim? Muito provavelmente (em que pese …

Feira do Livro: veja a programação de hoje

Programação da 10ª Feira do Livro DIA 08 DE NOVEMBRO
(terça-feira)

CAFÉ LITERÁRIO
Local: Centro de Criatividade Odylo Costa, filho 17h – Sarau Musical "Brilhando no Café"
Realização: Curso de Licenciatura em Música - DEART – UFMA 17h30 – Bate-Papo Literário: Gonçalves Dias: as várias faces do poeta maior
Debatedores: Weberson Fernandes Grizoste, Dino Cavalcante e Renata Ribeiro
Mediador: José Neres 19h – Sarau Café com Canção
Realização: Curso de Licenciatura em Música da Universidade Estadual do Maranhão - UEMA
PALCO FELIS
Local: Praça Nauro Machado 14h – Ciranda da Rosa Vermelha – UEB Primavera 14h40 – Dança do Ventre – UEB Primavera 15h – Nazuá e o Arco íris – Residência 05 16h – Baú de Histórias – Xama Teatro 17h – A mala do biruta – André Coelho 18h30 – Um apartamento no céu - NAFEM CONFERÊNCIAS
Local: Praça Nauro Machado
Horário: 20h Palestrante: Eduardo Bueno (RS)
Tema: Na Estrada da História
Mediador: Marcus Saldanha (jornalista e historiador) CASA DO ESCRITOR MARANHENSE – LANÇAMENTO DE…

Feira do Livro ameaçada de não acontecer

Por Geraldo Iensen Pelo menos a classe artística da cidade está num clima tenso. Estão circulando desde quinta-feira informações que levam a crer que a 10 ª Feira do Livro de São Luís – 10 ª FELIS, marcada para os dias de 6 a 13 de novembro, pode não ser realizada. Os motivos são muitos. O primeiro sinal veio através de um texto que percorreu grupos de whatsapp dizendo que “a estrutura dos stands da Feira do Livro que estava sendo montada foi recolhida, por embargo do IPHAN, alegando falta de pagamento da prefeitura das autorizações anteriores e a deste ano, E corre o risco de a feira não acontecer”. Em contato com Raphael Pestana, Coordenador técnico do IPHAN, foi esclarecido que o IPHAN não embargou nada e nem cobra por “análise ou aprovação de qualquer coisa”. Porém, segundo o coordenador, “todo ano eles mandam o projeto com meses de antecedência. Agora eles mandaram em cima da hora e mesmo assim nós analisamos e devolvemos para eles complementarem o projeto com as informações, como f…