Eduardo Bueno é atração de hoje na FELIS

O jornalista, editor e tradutor Eduardo Bueno é a grande atração de hoje da Felis, a partir das 20h, na Praça Nauro Machado. Autor da coleção Terra Brasilis, ele se tornou um dos maiores fenômenos editoriais do país, tendo ocupado de forma inédita a lista dos mais vendidos dos principais jornais e revistas nacionais com três dos seus títulos – Viagem do Descobrimento, Náufragos, Traficantes e Degredados e Capitães do Brasil. Como nem tudo são flores, em 2014 Bueno cometeu um deslize. Durante o programa “Extraordinários”, do canal a cabo Sport TV, ele se referiu ao Nordeste como “aquela bosta”. E aí as coisas azedaram. A grita foi geral, com o escritor acusado de preconceituoso e tentativa de enquadrá-lo na justiça.
Bueno, é claro, teria reagido, e bem ao seu estilo. “Eu tenho que falar um tema sério, sério de verdade. Não é brincadeira, é um pronunciamento. O negócio é o seguinte: eu quero declarar guerra! Guerra a nordestino babaca! Está cheio de nordestino babaca e eu conjuro e chamo todos os nordestinos verdadeiros que amam o Nordeste como eu. Eu conjuro e chamo aqui nesta sala Pierre Verger, que não era nordestino, era francês, mas sabia tudo de lá. Eu chamo Carybé, aquele homem maravilhoso que eu conheci, Antonio Risério, Leonardo Dantas, Xico Sá, Torquato Neto, que a gente cantou aqui”.
“Se quiserem fazer protesto contra mim, façam. É o seguinte: chega dessa ditadura desses babacas de Twitter. Quer brigar comigo? Vem, mas leia quarenta livros e ame e venere o Nordeste como eu amo e venero o Nordeste. É isso aí! Tem uma petição pública querendo me processar. Pegaram o cara errado! ”, desabafou.
Veja a fala de Eduardo Bueno que gerou a polêmica.




Postagens mais visitadas