Diga 33


O segundo turno está chegando com as pesquisas mostrando um nervoso empate técnico entre  Eduardo Braide e Edvaldo Holanda. Para os analistas de plantão, dois eventos que devem acontecer ao longo da semana serão definitivos para que a balança pese para um dos lados: o Debate da Mirante e uma tomada de posição definitiva por parte do governador, explicitando em vídeo seu apoio ao atual prefeito.  O que será mais decisivo? O debate, provavelmente, ao qual Edvaldo Holanda não pode faltar e no qual teme ser triturado por um Braide que, de azarão, chegou ao segundo turno com gosto de sangue na boca. Falar em sangue, uma das piadas mais engraçadas que circulou até agora a propósito das eleições é a seguinte: durante a apuração, incapaz de acreditar que não ganharia logo no primeiro turno e talvez nem no segundo, Holandinha teria passado mal. Atendido na emergência, o médico o examinou pedindo que ele dissesse 33. "32", disse o paciente. "Não é 32, querido, é 33", corrigiu o médico. "34", disse o paciente, sem conseguir, por motivos óbvios, falar o 33 inimigo entalado em sua garganta.


Comentários

Postagens mais visitadas