O galo e a pérola




Um galo ciscava o chão
Quando percebe um brilho.
Exclama: – É um rubi! –
E festeja em estribilho.
Mas logo troca a joia
Por um reles grão de milho.

Esse galo lembra um tolo
Que de um sábio recebeu
Imensa biblioteca
Quando o sábio morreu,
E por uma ninharia
Os livros logo vendeu.

(ilustração da parceira Dedê Paiva para esta releitura em cordel de fábula de Esopo)

Comentários

Postagens mais visitadas