sexta-feira, 21 de junho de 2013

A Intrusa


Ganhei hoje do amigo Bruno Azevedo um exemplar do novo livro do cara, A Intrusa. A obra, como um autêntico folhetim, foi publicada em capítulos no jornal Vias de Fato entre dezembro de 2011 e novembro de 2012, com o primeiro capítulo tendo sido publicado também na revista Golden Shower. Sobre A Intrusa, o jornalista Xico Sá diz o seguinte na última capa do livro: “Um folhetim em chamas capaz de tostar raparigas em flor. Um erotismo de banca capaz de reverter a mais enjoada das menopausas de todos os caritós. A Intrusa é fogo em las entranhas da frígida e solene literatura contemporaneazinha”.  Enfim, um livro pra levar pra cama.

domingo, 16 de junho de 2013

A menina levada chega à rede municipal


Nesta segunda-feira, a partir das 14 horas, acontece na Unidade de Ensino Básico Bernardina Spíndola uma grande festa literária marcando a passagem do Dia Municipal do Livro. Na oportunidade, será lançado o livro A menina levada e a Serpente Encantada, que chega à escola por meio de aquisição da prefeitura de São Luís. Desde já, parabenizo a todos que tornaram possível esse momento, quando estarão reunidos autores, professores, técnicos e, o que é muito importante, os pequenos leitores a quem a obra é dirigida.  


 

 

 

domingo, 9 de junho de 2013

Vale Cultura entra em vigor a partir de julho


Entra em vigor no início do próximo semestre, em São Luís, o Vale Cultura, instituído pela  lei nº 5.798, sancionada no final do ano passado pela presidente Dilma Rousseff. O intuito é fornecer aos trabalhadores meios para que possam consumir produtos culturais a partir de bolsa mensal atrelada ao salário. O dinheiro poderá ser gasto na compra de ingressos para shows e espetáculos e também na aquisição de produtos como livros e DVDs. Somente receberão o benefício os empregados das empresas que aderirem ao projeto e o trabalhador terá um desconto de até 10% (R$ 5) do valor do vale. O funcionário pode optar por não receber o valor. Para Joãozinho Ribeiro, que foi assessor no Ministério da Cultura na época de Gilberto Gil, quando o programa foi gestado, o Vale Cultura é uma conquista, já que o último levantamento do IBGE apontou o Maranhão como um estado de alto índice de exclusão aos bens culturais. “O que preocupa não é a produção cultural, mas sim o acesso a essas manifestações, e o Vale Cultura vem exatamente sanar essa lacuna que ainda existe”. Para comemorar, passo adiante a ótima charge do Sponholz.